Web Page Builder

5.ª edição do único curso europeu sobre rigidez arterial e envelhecimento vascular precoce

O Centro de Investigação e Tratamento em Hipertensão Arterial e Risco Cardiovascular Global do Serviço de Medicina Interna do Hospital da Senhora da Oliveira/Universidade do Minho, que é classificado como Centro de Excelência Europeu em Hipertensão, e a Escola de Medicina daquela Universidade organizou o 5th International Postgraduation Course on Arterial Stiffness and Early Vascular Aging.

Decorreu nos dias 9, 10 e 11 de novembro, e a IDENTISOFT, Medical Solutions participou neste curso que segundo o Doutor Pedro Guimarães Cunha, coordenador da Consulta de Hipertensão e Doenças Renais Crónicas deste Centro, “este é o único curso europeu dedicado especificamente a este tema”.

Na sua opinião, o curso permitiu “promover o conhecimento relativamente à utilização da rigidez arterial e da pressão arterial central enquanto biomarcadores associados ao risco cardiovascular e a capacidade que estes têm de identificar precocemente os sujeitos em risco de desenvolvimento de doença cardiovascular”.
Outra das intenções é correlacionar estes dois biomarcadores hemodinâmicos com a deterioração não só da função vascular, mas também da função cognitiva ao longo do tempo.

Doctor

O curso permitiu ainda “integrar a utilização destes biomarcadores em diversas patologias do foro cardiovascular e cardiometabólico, chegando assim a diferentes aspetos e âmbitos do seu interesse e tornando-os em biomarcadores que são utilizados em várias disciplinas da Medicina”.

A formação realizou-se sob a égide da Sociedade Europeia de Hipertensão, da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, da Sociedade Portuguesa de Hipertensão e da Artery Society, o que, de acordo com Pedro Guimarães Cunha, “muito tem contribuído para a certificação do curso e para a sua afirmação neste domínio”.

De destacar, ainda, que nesta edição realizou-se uma sessão dedicada à investigação clínica nesta área, tendo particular incidência em diferentes grupos de investigadores da Península Ibérica, e que contou com o contributo de vários centros de Espanha e Portugal.

O evento, que decorreu na Universidade do Minho, em Braga, contou com palestrantes nacionais e estrangeiros, sobretudo de outros países da Europa, e dirigido a todos os médicos que tenham interesse na área do risco cardiovascular (das especialidades de Medicina Interna, de Nefrologia e de Medicina Geral e Familiar, por exemplo) e investigadores e profissionais não médicos que se dediquem a outras áreas, como à engenharia ou à mecânica vascular.
Além do Doutor Pedro Guimarães Cunha, integraram a Comissão Organizadora o Doutor Jorge Cotter, diretor do Serviço de Medicina Interna e do Centro de Investigação e Tratamento em Hipertensão Arterial e Risco Cardiovascular Global do Hospital da Senhora da Oliveira (Guimarães), o Doutor Nuno Sousa, professor e vice-presidente da Escola de Medicina da Universidade do Minho.